Incendeia

Incendeia

Recomeçar Sempre




“Sede santo, como vosso Pai celeste é santo. Sede santo porque Eu sou santo”. É preciso recomeçar sempre, saber que eu quero iniciar o dia de amanhã melhor do que hoje e aprender com os erros de hoje para não errar amanhã. E contemplar as coisas que não fiz de bom hoje para fazê-las amanhã"

Não só erramos quando fazemos o mal, mas também ao deixarmos de fazer o bem quando poderíamos [fazê-lo]

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

LEITURA ORANTE DA BIBLIA


COMO FAZER A LEITURA ORANTE DA BIBLIA ??


INICIANDO

Antes de começar a “lectio divina”, fazer um momento de silêncio pensando que vou encontrar o Senhor. Peço a Deus perdão pelas minhas ofensas porque a pureza do coração e a humildade são características fundamentais para entrar na leitura do texto bíblico.

Num segundo momento, coloco-me na presença de Deus, rezo um Pai Nosso tentando olhar-me como Deus me olha. No fim, peço ao Pai o dom do Espírito Santo porque a Bíblia é um livro inspirado por Deus e, portanto, deve ser lido e interpretado com a ajuda do Espírito Santo.

PRIMEIRO PASSO
A leitura do texto

A leitura consiste em alimentar-se da Palavra. Ela deve ser feita com atenção, com serenidade, sem subestimar o que pode parecer secundário, interpretando corretamente o sentido histórico. É importante ler e reler o texto, tentando compreender o que se acabou de ler, procurando questionar-se sobre o sentido das palavras e prestando atenção sobre o que elas querem nos dizer.

SEGUNDO PASSO
A meditação

Através da meditação se examina a Palavra, se guarda no coração como fez Maria, que “conservava cuidadosamente todos os acontecimentos e os meditava no seu coração” (Lc 2,19).

O objetivo deste passo é chegar ao conhecimento da verdade que está contida na Palavra. O termo usado por muitos autores aqui é “mastigar e ruminar” o texto bíblico para aprofundar e penetrar nas palavras e mensagens. Atrás de cada palavra está o Senhor que me fala.

Aqui é importante recordar outros passos bíblicos paralelos, a compreender e confrontar o texto com a minha vida ou com experiências do passado, estimular o desejo de saber o que Deus quer de mim...

TERCEIRO PASSO
A oração


Vou ofertar na oração o que a leitura e a meditação do texto me fizeram conhecer e desejar. Neste momento falo com o Senhor de amigo para amigo sobre aquilo que o Espírito me inspirou.

A oração, portanto, se torna uma entre as possíveis respostas ao apelo do Senhor, é uma reação que segue ao toque que Deus operou no meu coração através da sua Palavra.

E assim a Palavra de Deus se torna uma Luz para o meu caminho, é algo que orienta os meus passos, o meu viver. Conforme estou vivendo a minha vida, posso pedir neste diálogo com Deus que Ele me oriente, posso pedir-lhe perdão pelas minhas ofensas, louvá-lo e agradecê-lo.

Se estiver pensando no meu futuro, posso aproveitar deste momento para pedir-lhe Luz necessária para fazer a sua vontade e encontrar o caminho que Ele desde sempre traçou para mim.

Pe. José Negri
Psicólogo e sacerdote

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Nunca é tarde para recomeçar!


O dinamismo da mudança e de ser melhor a cada dia nunca é tardio, pois faz das quedas um motivo de crescimento, de vida nova e de aprendizado.


E você? Faz das situações de dificuldade um motivo de crescimento?


“Todas as pessoas, em todos os âmbitos da Igreja neste tempo, que aproveitam essas situações de crise, de conflito, com humildade, irão justamente amadurecer e crescer”, afirma Frei Raniero.


Portanto, se você aproveita o seu erro como aprendizado para crescer e amadurecer, você não recomeça do nada, pois sabe que tem uma história que o faz melhor, que o lança para o novo, para o futuro. Por isso, há o ânimo de trazer no coração esta motivação.


A maioria das pessoas não sabe lidar com seus erros, pois o ser humano é colocado em uma ênfase: “A pessoa melhor é aquela que não erra, que é perfeita, autossuficiente, que pode e consegue tudo”. No entanto, a melhor pessoa é aquela que contempla a sua verdade no tocante às suas qualidades e a seus defeitos.


Por isso, recomece, mas não do início. Aprenda com os seus erros e seja um novo homem, uma nova mulher. Deus nos dá essa graça, mas é preciso olhar para nós mesmos com amor, como o Senhor nos olha. Peça que Deus converta o seu olhar de um olhar negativo, pessimista, para um olhar que vê o todo e que contempla em primeiro lugar a graça d'Ele. E que o Senhor fortaleça o seu coração!


“Sede santo, como vosso Pai celeste é santo. Sede santo porque Eu sou santo”. É preciso recomeçar sempre, saber que eu quero iniciar o dia de amanhã melhor do que hoje e aprender com os erros de hoje para não errar amanhã. E contemplar as coisas que não fiz de bom hoje para fazê-las amanhã.


Não só erramos quando fazemos o mal, mas também ao deixarmos de fazer o bem quando poderíamos [fazê-lo].


Que Deus nos ajude a crescer e amadurecer com humildade diante das crises e dos conflitos.


Uma pessoa que não é otimista e motivada, ao olhar uma montanha de pedras, vê uma impossibilidade: "Eu não posso superar aquela barreira, aquela situação". Já a pessoa diante de Deus, ao olhar a mesma montanha, diz: "Eu posso construir uma escada e superar essa montanha, essa situação".


Que Deus possa motivar o seu coração a fazer esta experiência cada vez mais.


Padre Eliano Luiz Gonçalves, SJS

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

SETEMBRO MES DA BIBLIA


O QUE É A BÍBLIA?

A palavra "Bíblia" significa "livros" em grego.

• A Bíblia é o livro mais lido, impresso e conhecido em todo o mundo.

• A Bíblia está dividida em 2 partes:
Primeiro (Antigo) Testamento e
-Novo (Segundo) Testamento.

• A Bíblia é formada por 73 livros:
-46 livros no Primeiro ou Antigo Testamento e
-27 livros no Novo Testamento.

• Através dos livros da Bíblia que recebem o nome de Evangelho, podemos conhecer as palavras, atos e milagres de Jesus. Evangelho quer dizer Boa Notícia.

• A Bíblia levou quase 2.000 anos para ser escrita, e vários home
ns ajudaram a escrevê-la.

• É importante sabermos que o autor verdadeiro é Deus, pois foi ele quem moveu e inspirou esses homens.

Quatro livros nos falam da vida de Jesus; de seus ensinamentos e milagres. Falam também de sua morte e de sua
ressurreição: são os Evangelhos. Eles foram escritos por São Mateus, São Marcos, São Lucas e São João.
No Novo Testamento encontramos, também, a história do início da Igreja, que está no livro dos "Atos dos Apóstolos". Há também, várias cartas escritas por São Paulo às comunidades cristãs daquela época, além de cartas de Tiago, Pedro, João, Judas e do livro do Apocalipse.




O QUE ENCONTRAMOS NA BÍBLIA?

No Primeiro Testamento está escrito sobre a criação do mundo: como foram criados a Terra, o mar, os animais e os seres humanos. Mostra o amor de Deus por tudo que Ele criou e, em especial por nós, pessoas humanas.
Há também a história de um casal, Abraão e sua mulher Sara. Abraão é chamado o patriarca do povo de Deus, pois todos nós, que fazemos parte dessa imensa família do Povo de Deus, somos descendentes de Abraão e Sara.
No Primeiro Testamento estão, também, a história de outras pessoas muito importantes, como Moisés, que foi escolhido por Deus para libertar o povo que estava escravo no Egito.
Há, ainda, a história dos profetas, homens que eram usados por Deus para mostrar às pessoas as coisas certas e erradas que elas faziam. Dentre esses profetas está Isaías que escreveu o nascimento de Jesus, muitos anos antes dele nascer.
O Novo Testamento conta a história mais importante de todos os tempos: a Vida de Jesus.





segunda-feira, 23 de agosto de 2010


video


Eternos Amigos



Se eu tentasse definir o quão especial tu és pra mim
Palavras não teriam fim
Definir o amor não dá / Então direi apenas obrigado
E sei que entenderás

Precioso és para Deus e para mim
Se acaso precisar podes contar comigo
Precioso és para Deus e para mim
Que a fé de Deus nos faça eternos amigos

Quero e vou renunciar parte de mim mesmo para ser
Muito mais contigo
Sabes bem quem sou e como sou
Por favor insista em me perdoar não desista de me amar

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

AGOSTO MÊS DAS VOCAÇÕES


O que é vocação?

- Vocação é o chamado de Deus que tem como finalidade a realização plena da pessoa humana.
- É um gesto gracioso de Deus que visa a plena humanização do Homem.
- É dom, é graça, é eleição cuidadosa, visando a construção do Reino de Deus.
- É um chamado para fazer algo, para cumprir uma missão.
- Toda pessoa é vocacionada, é eleita por Deus.
- Deus elege por causa de alguns (comunidade) e esta eleição se manifesta no nosso dia a dia.

A mensagem do Evangelho à um convite contínuo a seguir Jesus Cristo. Vem e segue-me. (Mt 9,9 ; Mc 8,34; Le 18,22; Jo 8,12).

VEM-CHAMADO: é um convite pessoal dirigido por Deus a uma pessoa.

SEGUE-ME - MISSÃO: é o seguimento da prática de Jesus.
É uma iniciativa gratuita, proposta que parte de Deus (dimensão teológica). Impulso interior de cada pessoa onde conscientemente responde ao plano de amor de Deus (dimensão antropológica).

Distinção

Para compreendermos em profundidade o significado da vocação, precisamos fazer a distinção entre: VOCAÇÃO FUNDAMENTAL e VOCAÇÃO ESPECÍFICA

A) VOCAÇÃO FUNDAMENTAL: Entendemos por vocação fundamental o chamado de cada pessoa: à vida, a ser Filho de Deus, a ser Cristão, a ser Igreja. A tomar consciência de que todos somos irmãos e fazemos par te do Reino de Deus.
Pela revelação sabemos que todos os homens foram chamados por Deus a santidade (Gn 1,26; 2,7; lPe 1,15-16). É um chamado a desenvolvermos plenamente todas as nossas potencialidades. Todas as vocações específicas derivam desta vocação fundamental.
Pelo Batismo todos fomos chamados a viver a Santidade. A P.V. deveria ser a Pastoral daVocação Fundamental, sob a qual é possível descobrir a Vocação Específica
.

B) VOCAÇÃO ESPECÍFICA: Entendemos por vocação específica a maneira própria de como cada pessoa realiza a sua vocação fundamental, como leigo, sacerdote ou religioso.
As vocações específicas são três: LAICAL - RELIGIOSA E SACERDOTAL

COMO DEUS CHAMA ?

- PESSOALMENTE E PELO NOME
- PELOS VALORES QUE NOS ATRAEM
- PELA COMUNIDADE
- PELAS NECESSIDADES DO MUNDO E DA IGREJA
- ATRAVÉS DE MEDIADORES DIRETOS

Que Maria, a vocacionada do amor, interceda por nós no nosso discernimento vocacional.

Pe. José Bento CSsR





http://www.youtube.com/watch?v=bCy1C2BP8Kw

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Jesus é o Senhor de nossa história


Todos nós temos uma história; ninguém nasceu do nada. Jesus, verdadeiro homem e verdadeiro Deus, nasceu em meio a um determinado povo, assumindo toda a história e a tradição deste.

“Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo” (Mt 1,16).

Nós não podemos subtrair nada de nossa história, e, ao mesmo tempo, precisamos abrirmo-nos à luz do Espírito Santo, para sermos curados e libertos. Jesus encarnou-se e assumiu toda a nossa humanidade, exceto o pecado, para nos redimir. Peçamos ao Senhor, que, no dia de hoje, lave a nossa história com o Seu Sangue poderoso e nos purifique de todos os males.

Coloquemo-nos entre os verdadeiros amigos de Cristo, os quais, mesmo em meio às fraquezas, perseguições e dúvidas, não se deixam ser conduzidos pelo pecado, mas, abrasados de amor pelo Senhor, deixam-se guiar pelo Espírito Santo, renunciando à vontade própria e fazendo a vontade de Deus.

Rezemos muito, neste dia, pedindo ao Senhor a graça da fidelidade, da fé e da perseverança.

Jesus, eu confio em Vós!

Nossa primeira vocação: a santidade

"Ele nos escolheu para sermos santos e irrepreensíveis sob seu olhar, no amor" (Ef 1,4).

Este é o nosso primeiro chamado. Nossa primeira vocação. O artista plástico pega o barro e trabalha nele com as próprias mãos. Modela-o, dá a ele a forma que quer. Depois pinta e, por fim, leva ao forno para transformá-lo numa peça artística. É desse jeito que Deus trabalha em nós. Não passamos de barro, mas o Senhor nos toma em Suas mãos e trabalha até chegarmos à forma que Ele quer. Depois disso Ele nos leva ao "forno", pois é preciso passar pela prova do fogo.

Assim como o artista contempla sua peça depois de pronta, Deus Pai quer contemplar, com amor e alegria, a obra que Ele fez em nós. Sua meta é que nos tornemos santos e irrepreensíveis a Seus olhos, no amor. É preciso muita técnica para trabalhar o barro: não podem ficar pedrinhas, ciscos, sujeira alguma; do contrário, esse material racha e a peça se perde. Mas se a peça é bem trabalhada, o barro resiste ao fogo e ela fica perfeita.

Esta é a primeira vocação de todo batizado. Todas as outras vocações são formas concretas de vida a que Deus chama para que possamos realizar nossa primeira vocação: a santidade. E assim como os anjos foram provados, nós o seremos também. Estamos passando pela prova. Nossa vida é o exame de seleção. Nele ou somos aprovados ou somos reprovados.